8.6.08

585

se eu disser que chorei por causa de um pintinho

todos rirão

eu mesmo riria se outro me dissesse isso

querer chamar nossa atenção para o lado triste da vida por meio de um pintinho

tenha dó

neste momento em que escrevo o tal pintinho ainda está vivo

ele está aqui perto de mim

sob a luz de uma lâmpada

minha mulher está tentando curá-lo

mas o pintinho tem um olhar

tudo que é vivo tem um olhar

até um cego tem um olhar

até uma ameba deve ter um olhar

e por ele se traduz antes de tudo nossa atitude perante a vida

o olhar deste pintinho deste cômico pintinho

é indiferente

é o olhar de indiferença dos mortos

aquele olhar sem mais nenhuma expectativa

talvez a mais alta expressão da tranqüilidade

tão tranqüilo que assusta

que causa repulsa

tranqüilo porque sincero

porque não faz a mínima questão de ser mudado