24.11.06

23

há muitos dias querendo passar

por isso são tão curtos

e o mundo tão fugaz

tudo vai sem nem vir

morre-se antes de se viver

seres nascem antes de se conceberem

não houve dúvida antes deste entendimento

e não houve fato que despertasse a dúvida que não houve

por trás de meu conhecimento apócrifo reside a ignorância

não sei por que sei

vivo por nada

talvez por crer que raciocínios me trarão respostas

o silêncio é tão mais gratificante

as coisas que penso poder ver apavoram-me mais que tudo que vejo

o aspecto não é a aparência que não é o exterior que não é o que vejo

provavelmente a resposta já foi dada

e eu ainda espero aqui sentado